(DES) A M O R

Eu sou daquelas raparigas bobas que ainda consegue ter uma pequena crença no amor. Mas que já saiu tão magoada que nem sabe bem como é amar novamente e nem sei se sou capaz de sofrer mais por amor. Se aguentarei isso mais alguma vez.
Porém, ainda consigo acreditar no amor e quando vejo um casal feliz e cheio de amor, daqueles que carregam uma boa energia, sendo essa contagiante, dá-me uma vontade enorme de sorrir e de voltar a amar e de estar com alguém.

Nisto tudo só há um "pequeno grande" problema, "onde está o Wally?" - o meu príncipe encantado? Onde está aquela pessoa que está na mesma onda que eu, disponível para um amor e para ser feliz ao meu lado? Isto mais me parece a missão impossível e não estou a brincar!


5 comentários:

Rita Machado disse...

Sou tão como tu, mas tive de reaprender a lidar com isso, a viver uma relação um dia de cada vez.
Beijinhoo
RITISSIMA BLOG

Mafalda Cunha disse...

Eu também sou dessas que acredita no amor!
Ele há de chegar quando menos se espera ^-^
Beijinhos!

Sweetie disse...

Identifico-me bastante! Mas não vai isso que nos vai por em baixo, devemos sorrir à vida porque ela nos trará recompensas e surpresas quando menos esperamos :)
Beijinhos, já sigo o blogue!

http://missweetie.blogspot.pt/2016/10/tops-para-este-outono.html

Filipa Colaço disse...

concordo plenamente contigo :)
beijinhos!

Filipa Colaço disse...

É mesmo isso linda e é assim que pretendo viver :)
beijinhos!

Instagram