Uma dose de amor, por favor!

17:00:00

Sou como o Magnum de Caramelo, VOLTEI GENTE LINDA!

O assunto que irá ser abordado hoje é o AMOR, não fosse ele o nosso motor.

Nos últimos meses, tenho pensado e repensado muito sobre este tema, afinal de contas dá pano para mangas.


E o amor pergunto-me eu? Não só o auto-amor. Mas o amor pelo outro, essa coisa tão demodê de amar alguém? E a vontade de presentear o outro com carinho, surpresas e abraços? Sabem?
Parece que nos últimos anos, com o aparecimento das redes sociais nos tornámos mais próximos de uma multidão de pessoas mas parece que as relações já não são o que eram. São à base da superficialidade, ficam muito à tona. As pessoas já não se dão umas às outras. Apenas as usam para não ficarem sozinhas na sua redoma. Apenas quando precisam, procuram! Mas e então estar lá sempre, mais ainda quando o outro precisa (e não o contrário). Quando o outro precisa, ignorarem ou pior, afastarem-se.
Acho que hoje sofremos todos de falta de amor, de gestos carinhosos e de carinho, no geral. 
Às vezes basta um simples abraço mais apertado e não apenas uma pancadinha nas costas.

Fala-se muito em amor próprio. Porém, confunde-se com egoísmo. Não é por amarmos alguém nem termos gestos de amor com o outro que o nosso amor se esgotará e muito menos não é por isso que nos deixamos de amar.


Sobre relações monogâmicas então nem falo. Hoje em dia escolhe-se alguém com quem estar em apps como o Tinder. Como se fôssemos escolher um produto Avon, por catálogo. O que é estranho, pois estamos a falar de pessoas e não de produtos. Há mais, as pessoas hoje não estão para ti nem contigo, vão ficando até ao dia em que acham que já não precisam de ti. Mais uma vez, és como um produto descartável que usam e abusam apenas quando necessitam.
E a humanidade, o amor, os valores e o respeito pelo outro?
Mais...
hoje na era da sustentatibilidade, porque não nos preocupamos em sustentar as relações que já temos? Porque ao invés de as alimentarmos, cuidarmos e preservarmos, tendemos a procurar outras? 
As que temos já não servem? 

É triste ver tanta falta de amor.

E vocês o que acham disto?


You Might Also Like

0 comentários

Pesquisar neste blogue

FACEBOOK

Mensagens populares